sábado, 30 de julho de 2011

Clima indefinido

Alguns paulistanos devem estar tristes. 
Depois de uma semana ensolarada, cá estamos nós com um sábado encoberto. Não chove, mas se considerarmos a poluição que temos tido nesta cidade, até que uma chuvinha não cairia mal. Vamos ver se a previsão se confirma e a chuva chega para amenizar esta poeira toda.
Esta cidade anda mesmo mal. Coitados daqueles que sofrem com problemas alérgicos ou respiratórios.
http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultimas-noticias/estado/2011/07/29/poluicao-por-poeira-em-sp-e-a-pior-desde-2008.jhtm


Aqui em São Paulo este tempo seco, no Rio Grande do Sul as chuvas castigam tanto. 
http://noticias.uol.com.br/especiais/chuvas-pelo-pais-em-2011.jhtm


O que por aqui entristece tantos é que a maioria das pessoas  espera por um final de semana claro e seco, para poder curtir as horas em passeios agradáveis e ao ar livre. É compreensível.
Brasileiros, de uma forma geral, adoram reunir-se para churrascos e confraternizações em quintais e jardins, e agora também nas varandas de seus apartamentos equipadas com churrasqueiras. E festinhas assim não combinam com mau tempo.


Há quem já sinta falta do frio que tivemos semanas atrás, quando casacos mais pesados e cachecóis precisaram sair dos armários.
Eu gosto mais do frio, mas penso tanto nas implicações que ele traz para os mais frágeis de saúde, que passei a torcer para que ele não venha tanto.(Tenho alma materna, o que posso fazer?) Não me agrada muito os dias de invernos serem mais curtos, apenas isto. Gosto do modo mais elegante que as pessoas se vestem nestes dias. Aprecio as bebidas e comidas que também combinam com temperaturas mais baixas. 
Sou mais para o vinho tinto do que para a cerveja.  Calor não combina comigo.  
Dias quentes pedem praia ou piscina. Pedem água.  Em dias de verão só desejo estar dentro dela, mas entre querer e poder... 


Só que dias como o de hoje, cinzento e nublado, mas ainda seco até agora, são do tipo sem graça, sem charme, sem atrativos. 


Como ando otimista e tentando observar as coisas boas de cada lado, vou tirar parte deste dia para cuidar um pouco de mim com caprichos femininos. Vou ocupar algumas horas com cremes e hidratantes faciais e corporais. Depois, acho que vou escolher algum filminho para ver na TV a cabo e também ler um pouco mais de um livro que ganhei nesta semana.
Vai ser bom!
Há dias para tudo nesta vida...

Um comentário:

  1. Ah que saudade de sofrer como um paulistano.

    ResponderExcluir